segunda-feira, 25 de maio de 2015

Insomnia Capitulo XIII

Acho que está a altura de avançarmos, embora o
 próximo quarto seja considerado bem pior que o do Jack.
Estamos agora à porta do quarto de paredes acolchoadas da Loony.
A demência ou insanidade se preferirem ocupam uma grande parte
da vida daquela menina, portanto um dos pedaços daquela alma
 é na verdade a loucura na sua forma mais pura.
Eu sei que isto se trata de um perigo e é exactamente por isso
 que ela está fechada naquele pequeno, seguro e dolorosamente
 branco quarto.
É claro que ela tem autorização para sair de vez em quando se for
 propriamente supervisionada.
Mais uma vez vos peço para não julgarem o livro pela capa, a Loony
 pode parecer inofensiva, mas houve algo que aprendi ao longo da
 vida não me meter com os malucos.
Ela usa aquele colete de forças desde sempre, e a solidão pode ser pior
 que estar amarrada.


Se te atreveres a olhar com atenção é fácil  perceber que não há sinal de luz nos seus olhos. 
Já não se encontra neste mundo, está em outra dimensão certamente. 
Como é que consegues planear a fuga perfeita sendo que estás preso na tua própria mente?
Revivendo dia após dia, noite após noite os teus negros segredos e dolorosos arrependimentos. Sem  conseguir avançar, presa a um confuso loop para todo o sempre. 
Portanto a única parte positiva é a sua imaginação fértil. Passa hora após hora fixando o tecto imaginado o sol, o céu e as estrelas que brilham lá no alto, tal qual uma promessa da qual nunca se esquecerá. 
  



                                                  " I'm staring at the sun 
                                                     'till I go blind 
                                                     I'm just talking nonsense 
                                                      nevermind 
                                                     Simply stretch your arms 
                                                      and feel the wind 
                                                     Can you hear it sing? 

                                                     A piece of advise 
                                                     A word to the so called wise 
                                                      the paranoia 
                                                     Will destroy ya! 
                                                     The walls keep talking 
                                                     your heart pretends 
                                                     not to listen... 

                                                     When it comes to this madness
                                                      to this ugly mess 
                                                     You ought to embrace it 
                                                      if there's nothing you can do
                                                      to change it... 
                                                     This room has seen my tears 
                                                      I believed that your love 
                                                      Would scare away my fears 
                                                      But that was just a pretty lie 
                                                      and eventually I kissed my 
                                                       sanity goodbye....
                                                      the crazies also have their lullaby"

 Continua....


Sem comentários:

Enviar um comentário